Assinatura de um Tratado de Amizade e Reconhecimento Mútuo entre a Gran Loggia d’Italia degli ALAM e a Grande Loja Simbólica da Lusitânia - Maçonaria Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim

Gran Loggia d´Italia, Maçonaria.jpg Logo Grande Loja Simbolica da Lusitânia No dia 24 de novembro de 2018, em Roma, no Palazzo Vitelleschi da Gran Loggia d’Italia degli ALAM, o Soberano Grande Comendador e Grão-Mestre, Antonio Binni, e a Grão-Mestre da Grande Loja Simbólica da Lusitânia, Isabel Viana, inscreveram mais um acontecimento nos anais da Maçonaria Europeia assinando um Tratado de Amizade que une, agora, mais do que nunca, as duas Obediências europeias.

Esta amizade fraterna iniciada há cerca de três anos com encontros entre membros das duas Obediências, em eventos culturais e partilhas de saberes e costumes vê a Luz com estas duas assinaturas.

A Gran Loggia d’Italia degli ALAM sempre foi conhecida com uma instituição adogmática, liberal e aberta. A Serenissima Gran Loggia d’Italia, como era conhecida em 1910, foi fundada por um grupo de maçons liderados por Saverio Fera e, em 1915, contava com 5000 membros. Hoje possui 500 Lojas onde operam cerca de 70% de homens e 30% de mulheres.

A Grande Loja Simbólica da Lusitânia continua num posicionamento de grande harmonia quer interna quer externa, sempre numa postura positiva, não se envolvendo em questões políticas ou económicas, desenvolvendo laços de fraternidade a nível internacional, representando a Maçonaria portuguesa.

Após esta assinatura, em cerimónia solene, os Mestres da Gran Loggia d’Italia degli ALAM e delegações presentes ovacionaram o fortalecimento desta união.